sexta-feira

Pau-ferro

Pau-ferro
Nome científico: Libidibia ferrea (Mart. ex Tul.) L.P.Queiroz

            Árvore endêmica do Brasil, pioneira, semidecídua, da família Fabaceae. Pode chegar até a 30 m de altura, com tronco pouco fenestrado, liso e marmorizado, de até 80 cm de diâmetro, revestido por casca com ritidoma laminado; ramos novos lenticelados. Floresce a partir de meados de novembro até fevereiro. Os frutos amadurecem durante o mês de julho até o final de setembro.
            Ocorre no Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe), Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro), em vegetação do tipo Caatinga (stricto sensu), Carrasco, Floresta Ciliar ou Galeria, Floresta Estacional Decidual, Floresta Estacional Semidecidual, Floresta Ombrófila (= Floresta Pluvial).

Folhas: compostas pinadas, parapinadas, com 4 a 6 pares de pinas, cada pina com 6 a 12 pares de foliólulos elípticos a oblongo-elípticos até oblongos, de base arredondada e ápice retuso a subermaginado.
Flores: em panículas terminais, amarelas, diclamídeas, zigomorfas, com ovário súpero.
Frutos: vagem lustrosa e indeiscente.
                                                                         
Saiba mais:

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil, v.1, 6.ed. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2012. 136p.


FLORA DO BRASIL. Fabaceae in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB109828>. Acesso em: 22 Ago. 2017.

Nenhum comentário: