sexta-feira

É possível monitorar todas as árvores de uma cidade?

segunda-feira

3º Curso de Avaliação Fitossanitária e Cadastramento Arbóreo de Árvores Urbanas


“Curso voltado à avaliação fitossanitária e ao cadastramento arbóreo que envolve técnicas para os cuidados e metodologias de profissionais que atuam com a atividade de plantar e manejar árvores. Elaboração de parecer técnico sobre a saúde de um exemplar arbóreo em áreas urbanas.”
Responsável: Rogério Goularte Moura Gomes de Oliveira

Mini-currículo:Rogério Goularte Moura Gomes de Oliveira é Professor do curso de Agronomia da Faculdade Integral Cantareira – FIC, Engenheiro Florestal, Mestre em Silvicultura e Manejo Florestal (ESALQ/USP), Doutor em Ecologia Aplicada (ESALQ/USP), tem com experiência na área de cadastramento, inventário arbóreo e fitossanidade de plantas. Desenvolve trabalhos de consultoria, pesquisa, ensino e prestação de serviços relacionados com arboricultura e fitossanidade.

Local: Faculdade Cantareira – Campus Belenzinho – Rua Marcos Arruda, 729. São Paulo-SP.
Data: 16 e 23 de setembro de 2017, das 07h30 às 15h.

Natureza do curso: Curso de Extensão
Carga Horária: 15 h/a

Público alvo: O curso é indicado para estudantes, técnicos de prefeituras e profissionais liberais e de empresas privadas.

 Investimento:
Autônomos e estudantes de outra instituição(Pagamento sistema pagseguro)
Até junho de 2017 - R$ 300,00
Após junho de 2017 - R$ 450,00

Alunos e Egressos da Faculdade Cantareira (pagamento no balcão)
Até junho de 2017 - R$ 200,00
Após junho de 2017 - R$350,00

 Ficha de inscrição:
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd9JbkZoQ8Rd04T6d7ve4C1oIdRpXlYubvllVuo1Oy28Izz7Q/viewform

Pagamento PagSeguro:
https://pagseguro.uol.com.br/checkout/nc/sender-identification.jhtml?t=4837a4d9b6c91485fd8c02988e61507b

sexta-feira

Polinização


Tomate organico

quinta-feira

Fichas agroecológicas

Informações técnicas para os sistemas orgânicos e agroecológicos de produção. Denominado “Fichas Agroecológicas: Tecnologias Apropriadas para a Produção Orgânica”, o projeto conta com material sucinto e de fácil linguagem, sendo acessível aos produtores rurais.
De acordo com o Ministério da Agricultura a tecnologia apresentada nas fichas deve estar de acordo  com os princípios e normas estabelecidos pela legislação brasileira da produção orgânica e ainda ter um reconhecimento científico, ações de construção participativa e experiências práticas dos produtores.
As fichas estão divididas em quatro (4) temáticas, as quais são Fertilidade do solo e nutrição de plantas; sanidade vegetal; práticas conservacionistas e produção vegetal.
Acesse: